O Caso do Sumiço

Padrão

Foi bem cedinho. Pegou todo mundo desprevenido.

Um dia a gente acordou e faltava um.

Na hora a gente não percebeu nada — pra nós, “mais que três” é igual a “um monte” — mas quando notamos a cara do tio Mushi, entendemos que tinha alguma coisa errada.

Foi aí que percebemos que não tinha nenhum irmãozinho laranja com a gente. O  mais gordo maior-e-preguiçoso já tinha ido embora há uns tempos, e o menor-e-explorador agora tinha sumido também.

Tio Mushi e tia Marissel ficaram muito agitados, e eu não saquei porquê. O Preto e o Laranja-Maior já tinham ido embora também, porque então o Laranjinha não podia ir?

Mas aí eu fui entendendo que os meus outros irmãos tinham ido embora com supervisão. Já o Laranjinha, escafedeu-se sem se despedir de ninguém.

 Tio Mushi e tia Marissel começara a procurar e procurar. Mas eu já imaginava que eles não iam achar nada. E não acharam mesmo…

Já comentei que mamãe gostava de sair pra passear e caçar, e que na casa quebrada não faltavam buracos e saídas pra ir pra rua. Certeza que o Laranjinha esperou a todo mundo dormir e inventou de ir atrás da mami sozinho. Do jeito que ele é (era?)–  é, nem ela deve ter percebido que o estrupício tava na cola. Ele era bonzinho, mas muito sonso (como em geral são os bonzinhos…) Não era chegado em se destacar mais que os outros… o que é ótimo pra aprontar quando ninguém tá vendo. Ele queria explorar, brincar de aventuras.

(Por isso eu gosto de fazer bastante escândalo quando bagunço, se algo der errado, qualquer um vê e vem me acudir!)

Mas diferente do tio frajola — ele sumiu no mesmo dia em que o que sobrou do tio foi encontrado — o Laranjinha não deixou nada pra trás. Nem pegadas, nem corpo, nem nada. Mini-felino ninja, sumiu no ar! 

Laranjinha pelo jeito já tava treinando técnicas narutescas
mesmo laranja, sumia nas sombras…

O que acho é que algum duas-pernas acabou estranhando ver um filhote que mia ali, sozinho na rua, e acabou levando pra casa. Pra quê, ninguém sabe, né? Torço pra que não tenha sido um daqueles monstros disfarçados de duas-pernas, mas alguém que queria um quatro-patas-miantes pra fazer parte da família dele.

Outras vezes penso se o Laranjinha não pressentiu o que ia rolar com o tio frajola e antes mesmo de arrumarem outra casa pra gente, não achou que era melhor cair fora dali.

Mas o tranqueira bem que podia ter esperado! Eu e ele já estávamos pra ser adotados pela duas-pernas com quem moro hoje! (Tudo bem que na época eu também tava duvidando que ela ia aparecer, mas abafa)

Ela me disse depois que o tio Mushi deu um jeito de avisar mesmo ela estando metado do mundo de distância dele. Ela falou que quando soube do que aconteceu, sofreu tanto que até saiu aquela água que os duas-pernas derramam do olho quando estão tristes. Ela disse que foram muitas, muitas gotinhas. Ela queria levar nós dois juntos pra gente não estranhar a casa onde íamos morar. Pra nenhum de nós se sentir sozinho. Faltava só um dia pra ela voltar e ir buscar a gente =(  

Todo mundo ficou mal quando o Laranjinha sumiu — já a mami e nós, da irmandade das quatro-patinhas, estranhamos um pouco mas continuamos de boa. Quando um irmão começa a ir embora um atrás do outro, a gente pára de ficar impressionado, sabe?  E a gente confiou que apesar dos monstros disfarçados de duas-pernas por aí, o Laranjinha devia estar bem (ou teria deixado algum sinal). Não dá pra explicar. É um adivinhômetro, coisa de quatro-pernas, um lance que quem tem só duas não entende.

Ele era muito novinho, mas pelo menos teve coragem de sair em busca do caminho dele, coisa que muito duas-pernas por aí não pode falar que faz. Ele era um explorador. Também era um sem-noção, mas isso não vem ao caso…

Apesar de aquele traíra ter me deixado pra trás, pra encarar o que quer que fosse acontecer na nossa futura casa nova, tomara que esteja tão bem quanto eu estou hoje. Seja lá onde foi se meter.

Ele sempre mais quieto, eu sempre provocando ;p

(Ainda acho que ele foi espertão; sumiu um dia e pouco antes de eu, mamãe e o resto termos a barriga costurada pelo veterionário… salvou a pele, o pelo e as bolinhas!)-



Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s